terça-feira, 12 de junho de 2018

Deus existe.

Deus existe.
A natureza é inconsciente. Deus é consciente. Ele manda na natureza.
Um erro no planeta Terra, no universo, nos seres vivos, seria fatal.
Deus criou os animais com corpos próprios para sobreviverem bem, com
tudo organizado e células e sangue bons para proteger e defender de
agentes de doenças e corpos estranhos, fez a coagulação para não
permitir a saída excessiva de ssangue etc.
Deus criou os peixes com uma respiração própria para a água, o ser
humano com respiração própria para a terra e muitos outros animais,
deus criou de acordo com as suas condições.
A Terra era para ser um planeta como os outros, durante o dia um calor
infernal, de noite uma total glaciação.
Deus criou tudo em boas condições.
Portanto, Deus existe.
Att.

Kevin Melo

domingo, 10 de junho de 2018

Chapéus ou chapéis, degraus ou degrais, animais ou animaus.

A regra é a seguinte:
Se a palavra terminar em l, vai terminar em is, mas se terminar em u,
vai ser us.
Exemplo:
US: Chapéus, degraus
IS: Pa´péis, animais
Att.

Kevin Melo

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Lenda mineira: Lenda da loira do carro.

A lenda da Loira do Carro:
Alguém está dirigindo o carro, de repente entra uma loira e pede carona.
De repente, o pneu fura.
O motorista desce do carro para encher o pneu e a loira começa a
conversar.
Quando o pneu fica cheio, a loira desaparece, e se o homem pergunta se
viram alguma loira, todos dizem que não viram.
A loira também pode aparecer em motos, e também pode aparecer em ônibus.
Lenda contada pelo meu tio-avÔ Divino, que de acordo com ele essa loira
apareceu no município de Luz, no estado de Minas Gerais, sempre
perseguindo-o.
A loira também é chamada de "A Loira Fantasma".
Att.

Kevin Melo

sábado, 5 de maio de 2018

Sobre Professor Girafales

Professor Girafales
Se aproveita de ter dois metros de altura e se acha o melhor, também por
ser inteligente.
Ele é paquerador de mulheres, tem uma esposa e a deixa louca para
traí-la por Dona Florinda.
Ele odeia Kiko por este ser burro e por ele dava muitos beliscões nas
crianças.
Estranho que ele fume na sala de aula e que na escola não tenha mais
nenhum funcionário, não?
Pois ele não tem medo de ninguém por ser alto, e por este motivo entrou
com sua espada e matou o diretor, todos os professores e faxineiros, e
ficou ele mesmo dando aula para a classe de poucos alunos somente, o
resto que vão pra outras escolas, e ele que cuida de tudo, da limpeza,
das aulas para todos os anos, da dieção, da matrícula etc.
Ele tem uma esposa e a trai, vê uma mulher na rua e começa a
paquerá-la, co,mo visto no episódio:
<a href="https://www.youtube.com/watch?v=I-yEL9lavmw"O Julgamento do Chaves</a>
Ele é cavalheiro com todos e prefere um milhão de vezes Glória do que
Dona Florinda e a pobre Sra. Girafales, a quem ele tanto maltrata e
trai, pois ele se acha o maioral, ele é metido, inteligente, poderoso,
traidor e paquerador, e ai de as mulheres o traírem, ele não pode ver
mulher que começa a paquerar e pega a cesta pra elas e mais as ajuda do
que a própria Dona Florinda, pelo que parece.
Ele vence todo mundo, inclusive o sr. Barriga, e muitas vezes vinga-o
no pobre Nhonho, que chora e ele ri.
Professor Girafales acaba sendo paquerado por Dona Clotilde e ele também
a paquera, pois são um casal de paqueradores.
Por isso ele é cavalheiro com todas exceto a Dona Florinda, a quem
parece amar.
Talvez foi ele quem matou Federico, o pai do Kiko, e estragou o barco
dele, pra dar o golpe em Dona Florinda, roubar o dinheiro dela e matar o
Kiko, a quem ele odeia por ser feio e burro.
Ele odeia a todos, wele é psicopata e muito mau, se aproveitando da sua
altura, e xinga o Seu Madruga de selvagem, mas na verdade ele que é
selvagem, pois ele também bate no Seu Madruga e quer beliscar o Ch\aves
e o Kiko, o próprio filho da Dona Fçlorinda.
Assim ele é: bandido, marginal, golpista, ladrão, paquerador, malvado,
odeia a todos, aproveitador, metido.
Att.

Kevin Melo

domingo, 17 de dezembro de 2017

Núcleo funcionários da escola.

Adriana, coordenadora.
Adriana, acompanhante de Laurinha.
Lurdes, ex-professora.
Rosiléia, atual professora.
Fabiana, ex-ajudante de Lurdes e atual ajudante de Rosiléia.
Conceição, secretária.
Débora, secretária.
Marília, coordenadora.
Célia, ajudante de Marília e Adriana.
Ana Maria, pedagoga.
Maria Luzia (Malu), pedagoga substituta.
Cíntia, diretora.
Luzinete, cozinheira.
Luzimeire, faxineira (irmã de Luzinete).
Francineide, servente (como se fosse uma governanta em uma casa).
Lurdes, professora de artes.
---
Bem, são só estes que eu me lembro.

Att.

Kevin Melo

A Professora Radical, episódio Adivinha, Laurinha/As cócegas/O sinal/Quem é.

Um dia, ao término do recreio, estava Laurinha saindo do banheiro com
uma estagiária a acompanhando, quando a profissional chegou e a
estagiária foi embora.
As crianças já haviam ido para a fila.
Rosiléia, de repente, chegou e começou a fazer cócegas em Laurinha e a
abraçar bem apertadamente que ela não conseguia se soltar.
- Você sabe quem é? - perguntou Adriana.
- Não. - respondeu Laurinha.
- Não sabe? - perguntou Adriana.
- Não.
- Tenta adivinhar. - disse Adriana.
- Já sei. É a tia Fabiana.
- Não.
- É a... outra tia Adriana?
- Não.
- É a tia Ana Maria?
+- Menos.
- É a diretora Cíntia?
- Pior ainda.
- Hahahaha! - riu Rosiléia. - Sou eu, sua boba!
- Ah, você é a tia Rosiléia.
- Sou sim.
E elas foram para a sala.
Laura já tinha se acostumado com as cócegas e toda vez já sabia que era
Rosiléia.
Mas um dia, Fabiana foi quem deu cócegas.
- Já sei. É a tia Rosiléia. - disse Laurinha.
- Errou! - disse Fabiana, rindo. - Sou eu, a tia Fabiana!
E Laurinha toda vez perguntava se era uma ou a outra.
Até que um dia foi a Adriana coordenadora e depois foi a diretora
Cíntia.
Aí que foi confundindo a cabeça da menina.

(FIM)

Att.

Kevin Melo